Responsável por carreta que tombou e despejou combustível no DF é multada em R$ 96 mil por dano ambiental

Mais Lidas

Obter crédito ainda é desafio para micro e pequenas empresas | Policiamento Inteligente

Obter crédito nas instituições financeiras ainda é um desafio para pequenas e médias empresas. É o que revela pesquisa...

Rafael Prudente é reeleito para a presidência da Câmara Legislativa – Rafael Prudente

Em sessão extraordinária na manhã desta terça-feira (15), o plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal reelegeu os deputados...

Profissionais das UTIs do Hospital São Pedro de Alcântara recebem a vacina Coronavac. | Prefeitura Municipal de Goiás

Na manhã desta quarta-feira, 20/01, o Prefeito de Goiás Aderson Gouvea, juntamente com a Vice-prefeita Zilda Lobo e o...

A empresa dona do caminhão-tanque que tombou em Águas Claras foi multada em R$ 96 mil pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram) após o combustível da carreta vazar e atingir, inclusive, um córrego da região. Todo o serviço de limpeza e a descontaminação será pago por ela. A empresa não foi localizada pela reportagem.

O processo para retirar o veículo do local levou mais de 12 horas. Ainda assim, as consequências ambientais se mantêm. Uma lona foi colocada no canteiro central para conter o combustível derramado. A terra do canteiro, atingida por diesel e gasolina, vai precisar ser retirada.

As galerias de água da chuva precisarão passar por limpeza e as barreiras, instaladas no córrego para absorver o combustível, deverão ser trocadas.

Estrutura instalada no córrego para conter combustível — Foto: Reprodução/TV GloboEstrutura instalada no córrego para conter combustível — Foto: Reprodução/TV Globo

Estrutura instalada no córrego para conter combustível — Foto: Reprodução/TV Globo

Os fiscais ainda precisam coletar as amostras de água no córrego Riacho Fundo, a 200 metros de onde o caminhão tombou. Só depois de passarem por exame, vai ser possível dizer a quantidade de combustível que atingiu o córrego.

“A gente está finalizando a parte da limpeza, que é exatamente a remoção desses resíduos que estão mais superficiais. Depois a gente começa no trabalho de descontaminação”, explicou a superintendente de Biodiversidade do Ibram, Alessandra do Valle.

A ideia é fazer análises do solo e da água para traçar um plano de descontaminação a fim de retornar à qualidade ambiental de antes do acidente.

- Publicidade-

Últimas Notícias

Obter crédito ainda é desafio para micro e pequenas empresas | Policiamento Inteligente

Obter crédito nas instituições financeiras ainda é um desafio para pequenas e médias empresas. É o que revela pesquisa...

Rafael Prudente é reeleito para a presidência da Câmara Legislativa – Rafael Prudente

Em sessão extraordinária na manhã desta terça-feira (15), o plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal reelegeu os deputados Rafael Prudente (MDB) e Delmasso...

Profissionais das UTIs do Hospital São Pedro de Alcântara recebem a vacina Coronavac. | Prefeitura Municipal de Goiás

Na manhã desta quarta-feira, 20/01, o Prefeito de Goiás Aderson Gouvea, juntamente com a Vice-prefeita Zilda Lobo e o Secretário Municipal de Saúde Marcos...

PL 773/2019 – Institui o Selo Empresa Amiga de Pessoa com Deficiência | Deputado Iolando

Fonte: ACA “Fica instituído o “Selo Empresa Amiga da Pessoa com Deficiência “O selo será conferido às empresas que, comprovadamente, contribuem...

Os três estados do ego, de acordo com a análise transacional

A análise transacional é um método derivado da psicologia humanista proposto por Eric Berne nos anos 1950. Desde então, sofreu algumas variações, mas a...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-