População elogia trabalho da saúde pública

Mais Lidas

Autoestima e HIV: além do estigma – A Mente é Maravilhosa

A autoestima tem sido considerada um fator chave para o bem-estar psicológico e para a saúde. No entanto, existem...

Câmara Legislativa instala Frente Parlamentar Brasil-Brasília-China – Rafael Prudente

O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Rafael Prudente do MDB, instalou oficialmente nesta quarta-feira (21), a Frente...

Ônibus da Mulher segue atendendo por mais cidades – Agência Brasília

Ônibus da Mulher reforça o Outubro Rosa em Ceilândia e Samambaia Serviços em conjuntoAlém da orientação sobre...

Reforço do programa de governo SOS DF e o empenho dos servidores acumulam resultados positivos. Em dois meses, hospitais regionais já realizaram mais de 11 mil cirurgias.

Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Uma faixa de 3,5 metros de largura com agradecimentos pendurada em um alambrado, na frente do Hospital Regional de Sobradinho (HRS). Essa foi a maneira que Eliezer Câmara encontrou para agradecer os servidores daquela unidade hospitalar. O comerciante passou no mês passado por uma cirurgia de retirada de apêndice, após um diagnóstico de apendicite.

“Cheguei ao hospital com dores e fui prontamente classificado como risco. O médico me explicou direitinho o procedimento e a importância da cirurgia”, explica. Eliezer é usuário da rede pública de saúde e, pela primeira vez, ficou impressionado com o serviço oferecido. “A gente vê a dificuldade em atender aquela demanda toda. É muita gente e não há estrutura que aguente. Mas os servidores são de excelência. Fui muito bem tratado pelos médicos e enfermeiros”, completou.

O comerciante é um dos milhares de pacientes que foram operados na rede. Nos últimos dois meses, a Secretaria de Saúde já contabilizou 11.795 procedimentos cirúrgicos de maior e média complexidade. O número é resultado da força-tarefa para dar celeridade à realização de cirurgias, reduzindo o tempo de espera dos pacientes, que está dentro do SOS DF Saúde, programa do Governo do Distrito Federal que tem o objetivo de organizar a gestão na rede de saúde pública.

Segundo dados da Secretaria de Saúde, os procedimentos foram realizados nos 14 hospitais da rede, no período de 67 dias. Entre as unidades, o Hospital de Base teve destaque. Realizou 1.882 intervenções. No mesmo período o Hospital Regional de Taguatinga destacou-se também com 1.054 cirurgias, seguido do Hospital Regional do Gama (HRG) com 1.044 procedimentos.

Fonte:RENATA MOURA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

- Publicidade-

Últimas Notícias

Autoestima e HIV: além do estigma – A Mente é Maravilhosa

A autoestima tem sido considerada um fator chave para o bem-estar psicológico e para a saúde. No entanto, existem...

Câmara Legislativa instala Frente Parlamentar Brasil-Brasília-China – Rafael Prudente

O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Rafael Prudente do MDB, instalou oficialmente nesta quarta-feira (21), a Frente Parlamentar Brasil-Brasília-China. Criada para a...

Ônibus da Mulher segue atendendo por mais cidades – Agência Brasília

Ônibus da Mulher reforça o Outubro Rosa em Ceilândia e Samambaia Serviços em conjuntoAlém da orientação sobre o autoexame mamário e o...

NOTA INFORMATIVA. | Prefeitura Municipal de Goiás

A Prefeitura de Goiás, através da Sec. Mun. de Saúde, vêm a público esclarecer sobre os frascos de álcool gel que estão sendo amplamente...

Projeto de Lei do deputado Iolando prevê proibição de cobrança pelos serviços de religação de água e luz | Deputado Iolando

Aprovado em primeiro turno o PL 723/2019, de autoria do deputado Iolando, dispõe sobre cobrança de taxas pelo serviço de religação de luz e...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-