Mycoplasma genitalium: IST resistente pode se espalhar pelo Brasil

Mais Lidas

Primeira parcela do auxílio residual será paga a partir de quarta | Policiamento Inteligente

A primeira parcela da extensão do auxílio emergencial será paga a partir de...

Câmara Legislativa aprova isenção de ICMS para remédio mais caro do mundo – Rafael Prudente

Encaminhado pelo Executivo nesta terça-feira (22), o projeto de decreto legislativo para isenção do ICMS para o remédio Zolgensma...

Turismo no DF é destaque na Abav Collab – Agência Brasília

As opções turísticas oferecidas por Brasília estão expostas no stand virtual organizado pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal...

Enquanto os números de casos de HIV e sífilis continuam aumentando entre os jovens brasileiros, outra infecção sexualmente transmissível (IST) começa a preocupar médicos e pesquisadores britânicos. A Mycoplasma genitalium é uma bactéria que ataca o trato urinário genital e afeta tanto mulheres quanto homens.

A doença não surgiu agora. Especialistas de saúde sabem da existência dela desde pelo menos 1980, mas o que a tornou centro das atenções ultimamente é a atual resistência aos antibióticos utilizados no tratamento. Uma das justificativas para isso é o uso indiscriminado de remédios, em especial os criados para eliminar bactérias.

“Outro fator é alguns pacientes não terem sintomas. Como eles não tratam, disseminam a infecção sem saber, especialmente porque muitas pessoas estão tendo relações sexuais sem proteção”, aponta o urologista do Hospital Santa Helena Rodrigo Carvalho. Cientistas estão trabalhando em uma nova forma de combater a doença, mas os médicos aconselham focar na prevenção.

A única maneira de evitar o Mycoplasma genitalium é usando camisinha (feminina ou masculina) durante o sexo. “Além disso, é possível reduzir fatores que abaixam a imunidade, como uso de cigarro e álcool. Pacientes com múltiplos parceiros correm mais risco”, fala o ginecologista Matheus Beleza, do Hospital Santa Luzia.

Quando os pacientes apresentam sintomas, geralmente são corrimento com cor e textura semelhante a pus e dor ao urinar. “Nas mulheres, pode ocorrer inflamação dos órgãos genitais e até aborto espontâneo”, alerta Rodrigo.

Na maioria dos casos, o diagnóstico é feito de maneira clínica. “Se há acometimento maior dos órgãos genitais e sistema urinário, pode ser necessário fazer uma pesquisa laboratorial da secreção para definir o melhor antibiótico”, explica Matheus.

iStockPin this!

ISTOCK

 

Apesar da resistência da bactéria, o tratamento continua sendo à base de antibióticos, geralmente os de uma dose só. “É essencial fazer acompanhamento com o médico e seguir as orientações do remédio”, enfatiza o ginecologista.

Como a notificação da doença não é obrigatória no Brasil, o Ministério da Saúde não tem o número exato de pessoas infectadas no país. No entanto, estudos mostram que outras ISTs, como a clamídia e a gonorreia, ainda são mais frequentes em relação à Mycoplasma genitalium. “Não podemos esquecer: a realidade do Brasil ainda é muito diferente da Inglaterra”, informa.

Mesmo assim, o órgão está estudando mais a doença. “A identificação dos casos, incluindo os assintomáticos, e imediato tratamento são necessários para interromper a cadeia de transmissão”, ressalta o Ministério da Saúde sobre as medidas para impedir que a infecção se espalhe pelo Brasil. O órgão reforça a necessidade do uso da camisinha, oferecida de forma gratuita pelo SUS, por ser a principal forma de prevenir ISTs.

Fonte: Mtrópoles

- Publicidade-

Últimas Notícias

Primeira parcela do auxílio residual será paga a partir de quarta | Policiamento Inteligente

A primeira parcela da extensão do auxílio emergencial será paga a partir de...

Câmara Legislativa aprova isenção de ICMS para remédio mais caro do mundo – Rafael Prudente

Encaminhado pelo Executivo nesta terça-feira (22), o projeto de decreto legislativo para isenção do ICMS para o remédio Zolgensma – considerado o mais caro...

Turismo no DF é destaque na Abav Collab – Agência Brasília

As opções turísticas oferecidas por Brasília estão expostas no stand virtual organizado pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF)  dentro do Abav Collab,...

O Centro de Seleção da UFG, divulga os locais e cidade de realização das provas do Concurso Público para Prefeitura de Goiás. | Prefeitura...

Confira clicando nos links abaixo: https://centrodeselecao.ufg.br/portal/local-prova https://centrodeselecao.ufg.br/…/2019_10092020_-_Lista… Fonte: www.prefeituradegoias.go.gov.br/2020/09/23/o-centro-de-selecao-da-ufg-divulga-os-locais-e-cidade-de-realizacao-das-provas-do-concurso-publico-para-prefeitura-de-goias/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=o-centro-de-selecao-da-ufg-divulga-os-locais-e-cidade-de-realizacao-das-provas-do-concurso-publico-para-prefeitura-de-goias

Hermeto comemora aprovação no Senado Federal de recomposição salarial para policiais e bombeiros do DF – Deputado Hermeto

Hermeto comemora aprovação no Senado Federal de recomposição salarial para policiais e bombeiros do DFPublicado por Larissa do Vale em 22 de setembro de...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-