MP do DF vai usar drones para fiscalizar ocupação de áreas irregulares

Mais Lidas

Saúde convoca 100 médicos do último processo seletivo | Deputado Iolando

AGÊNCIA BRASÍLIA * | EDIÇÃO: CHICO NETO Profissionais aprovados nesse processo seletivo devem se apresentar até...

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidas – Deputado Hermeto

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidasPublicado por Vanessa Araújo Santos em 8 de...

Filmes sobre o otimismo que você precisa assistir pelo menos uma vez

O cinema sempre foi uma arte, um meio de divulgação e um reflexo dos valores sociais de um determinado...

O Ministério Público do Distrito Federal vai usar drones para fiscalizar áreas ambientais e prevenir a ocupação de terrenos irregulares em Brasília. A partir desta quinta-feira (14), dois equipamentos vão sobrevoar o céu da capital federal, rumo a áreas consideradas de difícil acesso pelos fiscais.

Quem for flagrado praticando crimes contra o patrimônio público, por exemplo, poderá ser denunciado à Justiça e responder legalmente pela infração. Esse tipo de tecnologia já é usada desde o ano passado por órgãos como o Detran e a Agência de Fiscalização do DF (Agefis).

Os aparelhos foram adquiridos a partir de um financiamento do Ministério da Justiça. Ao todo, na compra dos drones e na instalação do Núcleo de Geoprocessamento, foram investidos R$ 350 mil.

Geotecnologia

Durante o sobrevoo, o drone vai fazer imagens e enviar para a central de controle, em Brasília. Em terra, profissionais vão monitorar e tentar identificar ações que possam degradar o solo e causar riscos ao meio ambiente, afirma o procurador-geral de Justiça, Leonardo Bessa.

“A compra desses equipamentos vai ampliar os espaços de fiscalização, agilizar a obtenção de dados e dar maior segurança na emissão de laudos”, explica.

Nos ares

No fim do ano passado, o Detran do DF passou a usar drones na fiscalização motoristas que usam o celular enquanto dirigem. A tecnologia também tem sido usada para flagrar desrespeito à faixa de pedestre, estacionamento irregular e tráfego em locais proibidos.

Os dRones foram usados, inicialmente, nas principais vias do DF. A ferramenta também pretende ajudar a levantar pontos considerados críticos no trânsito, para que seja melhorada a fluidez.

Somente no primeiro mês de uso, em janeiro deste ano, o órgão flagrou 382 infrações nas vias da capital em 30 sobrevoos.

Fonte: G1DF

- Publicidade-

Últimas Notícias

Saúde convoca 100 médicos do último processo seletivo | Deputado Iolando

AGÊNCIA BRASÍLIA * | EDIÇÃO: CHICO NETO Profissionais aprovados nesse processo seletivo devem se apresentar até...

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidas – Deputado Hermeto

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidasPublicado por Vanessa Araújo Santos em 8 de janeiro de 20218 de janeiro...

Filmes sobre o otimismo que você precisa assistir pelo menos uma vez

O cinema sempre foi uma arte, um meio de divulgação e um reflexo dos valores sociais de um determinado momento histórico. Ou seja, na...

EM ANAJATUBA, POLÍCIA CIVIL PRENDE SEIS PESSOAS POR TRÁFICO DE DROGAS E PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO • Polícia Civil do Maranhão |...

POR: ASCOM-SSPA Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta quinta-feira (14), uma Operação batizada de “Expurgo”, que deu cumprimento a 12 mandados de...

Vendedor ainda é o profissional mais procurado – Agência Brasília

As agências do trabalhador irão oferecer 581 vagas de emprego nesta quinta-feira (14). Cinco delas são para nível superior: analista químico (1), arquiteto de...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-