Lançados cartões do Bilhete Único para idosos e crianças

Mais Lidas

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidas – Deputado Hermeto

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidasPublicado por Vanessa Araújo Santos em 8 de...

Filmes sobre o otimismo que você precisa assistir pelo menos uma vez

O cinema sempre foi uma arte, um meio de divulgação e um reflexo dos valores sociais de um determinado...

EM ANAJATUBA, POLÍCIA CIVIL PRENDE SEIS PESSOAS POR TRÁFICO DE DROGAS E PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO • Polícia Civil do Maranhão |...

POR: ASCOM-SSPA Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta quinta-feira (14), uma Operação batizada de “Expurgo”, que deu...

Medida resultará em mais comodidade nas viagens. Interessados podem fazer o cadastro pela internet ou presencialmente, nos postos do DFTrans e do Na Hora

Dois cartões do Bilhete Único de Brasília foram lançados nesta quarta-feira (20): o +Melhor Idade, voltado a idosos a partir de 65 anos, e o +Criança Candanga, destinado a pessoas de 2 a 5 anos.

O governador Rollemberg lançou os novos cartões do Bilhete Único destinados a crianças e a idosos. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
O governador Rollemberg lançou os novos cartões do Bilhete Único destinados a crianças e a idosos. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Os dois públicos já contam com a gratuidade no transporte público, e o uso do cartão não será obrigatório. Porém, de acordo com o Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), a medida significará mais comodidade. As crianças que portarem o documento não precisarão mais pular a roleta dos veículos.

Já os idosos poderão passar a catraca, também sem custos. Com a Lei nº 5.984, de 30 de agosto de 2017, todos os assentos de transportes públicos coletivos passaram a ser prioritários para diversos grupos, entre eles o de idosos. Antes, a preferência era restrita aos bancos sinalizados com essa informação.

Os idosos que não quiserem fazer o cartão poderão usar o transporte público com o uso da identidade. Mas, nesse caso, seguirão restritos aos assentos antes da catraca.

“O objetivo é dar qualidade e dignidade a esses dois públicos”, reforçou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, durante o lançamento.

Segundo o DFTrans, a medida não acarretará custos adicionais para o governo — a passagem pela catraca é uma medida para oferecer mais cidadania aos usuários, não haverá pagamento às empresas. Os cartões serão emitidos pelo próprio órgão.

Verificação no sistema de biometria

Por se tratar de gratuidade, os idosos terão fotos cadastradas para verificação no sistema de biometria. O método não será aplicado a crianças, de acordo com o DFTrans, porque elas estão mais propensas a mudanças de aparência no período do benefício.

“É um cartão intransferível. O objetivo é garantir que os direitos sejam exercidos por quem os tem. E a melhor forma é combatendo a fraude e a irregularidade”, disse o governador ao público presente, que contou com idosos apoiados por programas sociais e crianças da Escola Classe 68, de Ceilândia.

A passagem pela catraca é uma medida para oferecer mais cidadania aos usuários, não haverá pagamento extra às empresas

Na solenidade de hoje, o chefe do Executivo local também assinou termo de intenção de adesão à Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

A iniciativa tem o objetivo de organizar políticas públicas de proteção e atenção ao idoso de forma integrada. Rollemberg firmou o documento ao lado do diretor de Atenção ao Idoso da pasta federal, Leonardo Rezende.

Como obter os cartões +Melhor Idade e +Criança Candanga

Para obter os cartões +Melhor Idade e +Criança Candanga, os interessados podem fazer o cadastro pela internet ou presencialmente, nos postos do DFTrans e do Na Hora. Nesses locais também é possível fazer o agendamento para a entrega dos cartões.

No caso dos idosos, é preciso apresentar documento de identificação com foto, foto 3×4 e CPF.

Para ter direito ao cartão infantil, são necessários CPF da criança, documento de identidade ou certidão de nascimento, além de foto 3×4. O responsável legal para retirada do cartão também deve adicionar ao cadastro o CPF e a carteira de identidade, a carteira nacional de habilitação ou a certidão de nascimento.

 

FONTE / AGÊNCIA BRASÍLIA

- Publicidade-

Últimas Notícias

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidas – Deputado Hermeto

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidasPublicado por Vanessa Araújo Santos em 8 de...

Filmes sobre o otimismo que você precisa assistir pelo menos uma vez

O cinema sempre foi uma arte, um meio de divulgação e um reflexo dos valores sociais de um determinado momento histórico. Ou seja, na...

EM ANAJATUBA, POLÍCIA CIVIL PRENDE SEIS PESSOAS POR TRÁFICO DE DROGAS E PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO • Polícia Civil do Maranhão |...

POR: ASCOM-SSPA Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta quinta-feira (14), uma Operação batizada de “Expurgo”, que deu cumprimento a 12 mandados de...

Vendedor ainda é o profissional mais procurado – Agência Brasília

As agências do trabalhador irão oferecer 581 vagas de emprego nesta quinta-feira (14). Cinco delas são para nível superior: analista químico (1), arquiteto de...

PL 569/2019 – Equipara a pessoa com doença renal crônica em tratamento e a pessoa com fissura palatina ou labiopalatina não reabilitada como pessoa...

Fonte: Daniela Barbosa Fonoudiolaga “Equipara a pessoa com doença renal crónica em tratamento e a pessoa com fissura palatina ou labiopalatina...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-