Juros do cheque especial e do cartão de crédito caem pelo 3º mês seguido

Mais Lidas

Ação integrada leva tranquilidade ao Enem – Agência Brasília

Acompanhamento em tempo real foi feito no Ciob | Foto: Divulgação/SSPA aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino...

Saúde convoca 100 médicos do último processo seletivo | Deputado Iolando

AGÊNCIA BRASÍLIA * | EDIÇÃO: CHICO NETO Profissionais aprovados nesse processo seletivo devem se apresentar até...

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidas – Deputado Hermeto

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidasPublicado por Vanessa Araújo Santos em 8 de...

Os juros médios do cheque especial e do rotativo do cartão de crédito caíram pelo terceiro mês seguido em junho deste ano, informou o Banco Central nesta sexta-feira (27). Embora as duas linhas tenham registrado queda, continuam sendo as mais caras do mercado financeiro.

A taxa de juros do cheque especial ficou em 304,9% ao ano e a do cartão de crédito atingiu 291,9% ao ano.

Desde maio deste ano, o cartão de crédito está com taxas mais baratas do que o cheque. O rotativo estava com juros de 303,6% ao ano, enquanto os do cheque eram de 311,9% ao ano.

A taxa da modalidade rotativo regular passou de 243,0% para 261,1% ao ano de maio para junho. Neste caso, são consideradas as operações com cartão rotativo em que houve o pagamento mínimo da fatura.

Já a taxa de juros da modalidade rotativo não regular passou de 346,1% para 313,3% ao ano. O rotativo não regular inclui as operações nas quais o pagamento mínimo da fatura não foi realizado.

No caso do parcelado, ainda dentro de cartão de crédito, o juro passou de 165,5% para 168,1% ao ano.

Considerando o juro total do cartão de crédito, que leva em conta operações do rotativo e do parcelado, a taxa passou de 67 3% para 66,5% de maio para junho.

Em abril de 2017, começou a valer a nova regra que obriga os bancos a transferir, após um mês, a dívida do rotativo do cartão de crédito para o parcelado, a juros mais baixos. A intenção do governo com a nova regra era permitir que a taxa de juros para o rotativo do cartão de crédito recuasse, já que o risco de inadimplência, em tese, cai com a migração para o parcelado.

Fonte:r7

- Publicidade-

Últimas Notícias

Ação integrada leva tranquilidade ao Enem – Agência Brasília

Acompanhamento em tempo real foi feito no Ciob | Foto: Divulgação/SSPA aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino...

Saúde convoca 100 médicos do último processo seletivo | Deputado Iolando

AGÊNCIA BRASÍLIA * | EDIÇÃO: CHICO NETO Profissionais aprovados nesse processo seletivo devem se apresentar até o dia 22 | Arte:...

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidas – Deputado Hermeto

Projeto de Lei propõe Tecnologia de Reconhecimento Facial para localizar crianças desaparecidasPublicado por Vanessa Araújo Santos em 8 de janeiro de 20218 de janeiro...

Filmes sobre o otimismo que você precisa assistir pelo menos uma vez

O cinema sempre foi uma arte, um meio de divulgação e um reflexo dos valores sociais de um determinado momento histórico. Ou seja, na...

EM ANAJATUBA, POLÍCIA CIVIL PRENDE SEIS PESSOAS POR TRÁFICO DE DROGAS E PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO • Polícia Civil do Maranhão |...

POR: ASCOM-SSPA Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta quinta-feira (14), uma Operação batizada de “Expurgo”, que deu cumprimento a 12 mandados de...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-