Haddad afirma que faltou controle interno nas estatais durante os governos do PT

Mais Lidas

Edital de chamamento Público nº 002/2020 | Prefeitura Municipal de Goiás

CREDENCIAMENTO DE PROJETOS PARA SELEÇÃO E PREMIAÇÃO COM FINALIDADE DE REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES CULTURAIS EM FORMATO DE ISOLAMENTO SOCIAL....

Cobertura da quadra poliesportiva do Setor Rajadinha em Planaltina | Deputado Iolando

Nesta quinta-feira (22), o deputado Iolando participou de assinatura de termo técnico para o início das obras de cobertura...

Reconhecimento facial – Uma realidade agora no Distrito Federal – Deputado Hermeto

Reconhecimento facial – Uma realidade agora no Distrito FederalPublicado por Larissa do Vale em 21 de outubro de 202021...

O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, admitiu neste sábado (13) que, durante os governos do PT, faltou controle interno nas estatais e que diretores ficaram soltos para promover a corrupção.

Haddad fez campanha na Cohab Raposo Tavares, periferia de São Paulo. O bairro pobre no extremo da Zona Oeste foi escolhido pelo candidato do PT para o único compromisso público do dia.

Logo na chegada, questionado pelos jornalistas, Fernando Haddad fez uma autocrítica sobre casos de corrupção em governos do PT.

“Faltou controle interno nas estatais. Isso é claro. Diretores ficaram soltos para promover a corrupção e se enriquecer pessoalmente”, afirmou.

Indagado sobre os dirigentes do partido, respondeu: “Aí é pior. Se algum dirigente cometeu erro, garantido amplo direito de defesa, mas, se concluir que alguém enriqueceu, tem que ir para cadeia, com provas”.

E completou: “A crítica é importante – e eu tenho feito –, mas também eu tenho que apontar os caminhos de superação. Vou dar um exemplo: eu falei, o ministério que eu comandei por 6, 7 anos quase, tinha uma controladoria muito forte. Então, nós não tivemos casos de corrupção no ministério que tinha 100 bilhões de reais de orçamento”.

Na praça, Haddad participou de uma conversa com jovens de movimentos culturais da periferia, que trabalham com hip hop, folclore e literatura.

Os moradores pediram mais investimento em educação, cultura e moradia. Fernando Haddad prometeu destinar recursos para os artistas da periferia e disse que vai impulsionar a construção de habitações populares.

A meta, segundo o candidato, é construir 2 milhões de casas em quatro anos. Ele também prometeu refinanciar as dívidas de estudantes do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies).

“Nós não vamos deixar estudante ficar inadimplente. […] Os estudantes estão se formando e não estão conseguindo emprego. A primeira providência para acabar com problema do Fies é gerar emprego para quem sai da faculdade”, disse.

- Publicidade-

Últimas Notícias

Edital de chamamento Público nº 002/2020 | Prefeitura Municipal de Goiás

CREDENCIAMENTO DE PROJETOS PARA SELEÇÃO E PREMIAÇÃO COM FINALIDADE DE REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES CULTURAIS EM FORMATO DE ISOLAMENTO SOCIAL....

Cobertura da quadra poliesportiva do Setor Rajadinha em Planaltina | Deputado Iolando

Nesta quinta-feira (22), o deputado Iolando participou de assinatura de termo técnico para o início das obras de cobertura da quadra poliesportiva no Setor...

Reconhecimento facial – Uma realidade agora no Distrito Federal – Deputado Hermeto

Reconhecimento facial – Uma realidade agora no Distrito FederalPublicado por Larissa do Vale em 21 de outubro de 202021 de outubro de 2020 ...

Autoestima e HIV: além do estigma – A Mente é Maravilhosa

A autoestima tem sido considerada um fator chave para o bem-estar psicológico e para a saúde. No entanto, existem certos grupos que, por uma...

Câmara Legislativa instala Frente Parlamentar Brasil-Brasília-China – Rafael Prudente

O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Rafael Prudente do MDB, instalou oficialmente nesta quarta-feira (21), a Frente Parlamentar Brasil-Brasília-China. Criada para a...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-