Funcionários terceirizados da CEB sofrem queimadura durante manutenção em Águas Claras, no DF

Mais Lidas

Operação Quinto Mandamento abordou mais de 600 pessoas – Agência Brasília

Nos três últimos finais de semana, mais de 600 pessoas foram abordadas nas ruas do Distrito Federal por meio...

Lançado a campanha “Turismo Responsável”. | Prefeitura Municipal de Goiás

O Prefeito Aderson Gouvea participou na tarde desta sexta-feira, 22/01, da abertura da...

PL 784/2019 – Estabelece critérios de fiscalização das empresas de segurança privada | Deputado Iolando

Fonte: Sankhya “Estabelece critérios de fiscalização das empresas de segurança privada, na forma que menciona.” ...

 

Dois funcionários que prestam serviço para a Companhia Energética de Brasília (CEB), responsável pelo fornecimento de energia na capital, ficaram feridos durante um trabalho na subestação de Águas Claras, na terça-feira (23).

De acordo com a companhia, um curto-circuito provocou uma descarga elétrica durante a manutenção preventiva, e isso provocou queimaduras nos terceirizados. O grau do ferimento das vítimas, no entanto, não foi informado.

Por causa do acidente de trabalho, parte da região de Águas Claras ficou sem energia das 14h14 às 17h25. Ao todo, 23,4 mil imóveis foram afetados – 27% de toda a área abastecida pela subestação.

Ainda segundo a CEB, os empregados passaram por atendimento de primeiros socorros pelo Corpo de Bombeiros e foram encaminhados ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran), em estado de saúde estável. O G1 tenta atualizar o estado de saúde deles.

Outros casos

Esta não é a primeira ocorrência do tipo envolvendo terceirizados da companhia. Em 2016, um eletricista de 22 anos que prestava serviço para a CEB sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu após ser eletrocutado enquanto fazia manutenção na rede em um condomínio do Lago Sul.

Em 2014, outro terceirizado sofreu queimadura de primeiro grau no rosto depois de tomar um choque enquanto fazia a manutenção da rede elétrica em Samambaia.

Fonte:G1

- Publicidade-

Últimas Notícias

Operação Quinto Mandamento abordou mais de 600 pessoas – Agência Brasília

Nos três últimos finais de semana, mais de 600 pessoas foram abordadas nas ruas do Distrito Federal por meio...

Lançado a campanha “Turismo Responsável”. | Prefeitura Municipal de Goiás

O Prefeito Aderson Gouvea participou na tarde desta sexta-feira, 22/01, da abertura da reunião de lançamento da campanha...

PL 784/2019 – Estabelece critérios de fiscalização das empresas de segurança privada | Deputado Iolando

Fonte: Sankhya “Estabelece critérios de fiscalização das empresas de segurança privada, na forma que menciona.” Para efeito do...

Detector de metais na entrada das escolas é proposto em Projeto de Lei – Deputado Hermeto

Detector de metais na entrada das escolas é proposto em Projeto de LeiPublicado por Hermeto em 22 de janeiro de 202122 de janeiro de...

A falácia ad hominem: quando atacam sem argumentos

A falácia ad hominem, na lógica, caracteriza aquelas situações nas quais alguém decide nos atacar não pelos argumentos que expomos ou defendemos, mas por...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-