Oferta de gás de cozinha no DF será normalizada até segunda-feira, diz sindicato

Mais Lidas

Campanha Nacional de Multivacinação – Amanhã, sábado 17/10 DIA “D”. | Prefeitura Municipal de Goiás

A Campanha Nacional de Multivacinação foi iniciada em 05 de outubro e vai até o dia 30. Crianças e...

Líderes de Embaixadas GV aproveitaram o Power House para se reunir em São Paulo – Blog Geração de Valor

“Realizamos vários eventos dentro de um grande evento”, afirma Rodrigo Nunes. Fonte: blog.geracaodevalor.com/lideres-de-embaixadas-gv-aproveitaram-o-power-house-para-se-reunir-em-sao-paulo

Botijões de gás enfileirados no DF (Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília)

Caminhões começam a chegar sem escolta de acordo com demanda das distribuidoras.

oferta de gás de cozinha no Distrito Federal deve ser “completamente normalizada” dentro de 3 a 4 dias a partir desta sexta-feira (1º), segundo o Sindicato das Empresas Transportadoras e Revendedoras de GLP do DF, o Sindvargas. A instituição representa 400 negócios na capital.

“Estamos pedindo à população que tenha um pouco de calma e paciência, porque não há necessidade de estocar gás. Estamos começando a normalizar o abastecimento”, disse o presidente, Sérgio Costa.

“Acredito que em três, quatro dias já esteja normalizado. Talvez na segunda, se tudo continuar como está.”

Panela em fogão a gás (Foto: Reprodução/EPTV)

Panela em fogão a gás (Foto: Reprodução/EPTV)

Nesta sexta-feira (1º), diferentemente do que ocorreu durante os dias de maior impacto da greve dos caminhoneiros, o sindicato não tinha o número de botijões que chegariam à capital. Segundo Costa, isto é um sinal de que “está tudo ficando bem”, pois caminhões não precisam mais de escolta para chegar às distribuidoras.

“Não estamos mais conseguindo controlar os números, porque as companhias não estão passando. Antes, o próprio governo monitorava e repassava as informações. Agora, cada uma faz os seus pedidos.”

Normalizando

Todos os 12 mil botijões que haviam chegado ao DF no fim da tarde de quarta (30) e foram colocados à venda no dia seguinte foram vendidos. Segundo o Sindvargas, 2 mil foram destinados a suprir serviços essenciais e os demais, disponibilizados à população.

Homem faz transporte de carregamento de gás de cozinha (GLP) (Foto: TV TEM/Reprodução)

Homem faz transporte de carregamento de gás de cozinha (GLP) (Foto: TV TEM/Reprodução)

Em 11 dias de paralisação nas estradas, Brasília recebeu cerca de 40 mil botijões – quantidade suficiente para suprir apenas dois dias da demanda regular. Agora, caminhões com mais GLP chegam aos poucos, de acordo com os pedidos de cada distribuidora.

Um botijão de 13 quilos, do tipo residencial, dura de 20 a 45 dias para uma família de quatro pessoas, segundo o Sindicato.

fonte: .G1 DF

- Publicidade-

Últimas Notícias

Campanha Nacional de Multivacinação – Amanhã, sábado 17/10 DIA “D”. | Prefeitura Municipal de Goiás

A Campanha Nacional de Multivacinação foi iniciada em 05 de outubro e vai até o dia 30. Crianças e...

Líderes de Embaixadas GV aproveitaram o Power House para se reunir em São Paulo – Blog Geração de Valor

“Realizamos vários eventos dentro de um grande evento”, afirma Rodrigo Nunes. Fonte: blog.geracaodevalor.com/lideres-de-embaixadas-gv-aproveitaram-o-power-house-para-se-reunir-em-sao-paulo

Como conseguir o que você quiser, de acordo com a neurociência

Para conseguir o que você quiser, não é preciso fazer um pedido a uma estrela cadente ou soprar um dente-de-leão. Os desejos são metas...

16º BPM APREENDE MOTO, PISTOLAS E MUNIÇÕES • PM/MA | Policiamento Inteligente

Policiais da Força Tática do 16º BPM, sediado em Chapadinha-MA, foram Informados, no inicio da tarde de...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-