No DF, Saúde vai premiar iniciativas da população adotadas em parceria com a rede pública

Mais Lidas

PL 773/2019 – Institui o Selo Empresa Amiga de Pessoa com Deficiência | Deputado Iolando

Fonte: ACA “Fica instituído o “Selo Empresa Amiga da Pessoa com Deficiência “O selo será conferido...

Os três estados do ego, de acordo com a análise transacional

A análise transacional é um método derivado da psicologia humanista proposto por Eric Berne nos anos 1950. Desde então,...

O FARO INFALÍVEL DA DARA | Policiamento Inteligente

Sábado (16), os policiais miliares do 5º Batalhão de Polícia de Choque – Canil, em Operação de Combate ao...
Unidade Básica de Saúde de Samambaia. Foto: Reprodução

Podem concorrer projetos voltados à melhoria da rotina na atenção primária. Dez melhores receberão dinheiro que deverá ser investido nas unidades básicas

 

Iniciativas da população em parceria com servidores para melhorar o ambiente e superar os desafios encontrados na rotina das unidades básicas de saúde (UBS) do Distrito Federal serão reconhecidas pelo 1º Prêmio Saúde Cidadã.

Mutirões e ações que tenham como base a participação da comunidade estão aptos a concorrer. Os projetos têm de fazer parte da atenção primária à saúde.

“Uma unidade que teve um problema na estrutura, mas que a população se uniu para consertar ou um cadastramento na Estratégia Saúde da Família com o envolvimento da sociedade são exemplos que a gente vê na rede pública”, explica Bruno Rolim, chefe da Unidade Setorial de Transparência e Controle Social da Secretaria de Saúde.

O Prêmio Saúde Cidadã é organizado em parceria com a Controladoria-Geral do DF. O edital foi publicado na segunda-feira (14) no Diário Oficial do Distrito Federal.

Recurso do prêmio terá de ser investido nas UBS

Dez projetos vão ser premiados com dinheiro — que deverá ser investido nas unidades. Ao todo, serão R$ 825 mil, assim distribuídos:

  • Primeiro lugar: R$ 200 mil

  • Segundo lugar: R$ 150 mil

  • Terceiro lugar: R$ 100 mil

  • Quarto lugar: R$ 75 mil

  • Do quinto ao décimo: R$ 50 mil para cada um

Os três primeiros colocados também terão as iniciativas incubadas na Rede de Inovação da Secretaria de Saúde, laboratório que visa disseminar projetos inovadores na pasta. A ideia é que sirvam de modelo para outros pontos da rede.

As inscrições podem ser feitas até 10 de junho. Um comitê da secretaria vai escolher os dez melhores com base em pontuações adotadas no regulamento. Os projetos serão apresentados à população, que vai votar nas melhores práticas. A premiação está prevista para 6 de julho.

 

 

FONTE:  AGENDA CAPITAL

- Publicidade-

Últimas Notícias

PL 773/2019 – Institui o Selo Empresa Amiga de Pessoa com Deficiência | Deputado Iolando

Fonte: ACA “Fica instituído o “Selo Empresa Amiga da Pessoa com Deficiência “O selo será conferido...

Os três estados do ego, de acordo com a análise transacional

A análise transacional é um método derivado da psicologia humanista proposto por Eric Berne nos anos 1950. Desde então, sofreu algumas variações, mas a...

O FARO INFALÍVEL DA DARA | Policiamento Inteligente

Sábado (16), os policiais miliares do 5º Batalhão de Polícia de Choque – Canil, em Operação de Combate ao Tráfico de drogas, pela Rua...

Ação integrada leva tranquilidade ao Enem – Agência Brasília

Acompanhamento em tempo real foi feito no Ciob | Foto: Divulgação/SSPA aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ocorrida neste domingo...

Saúde convoca 100 médicos do último processo seletivo | Deputado Iolando

AGÊNCIA BRASÍLIA * | EDIÇÃO: CHICO NETO Profissionais aprovados nesse processo seletivo devem se apresentar até o dia 22 | Arte:...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-