O que se sabe, até agora, sobre o ataque a Bolsonaro

Mais Lidas

Será que eu sou neurótico? – A Mente é Maravilhosa

A palavra neurótico se tornou muito popular e perdeu parte do seu significado original no processo. Embora tenha sido...

Homem é preso por tráfico de drogas em Pastos Bons – MA • PM/MA | Policiamento Inteligente

Na noite de domingo (25), Policiais Militares do 35º Batalhão de Polícia Militar prenderam um homem suspeito...

Hospitais terão que fazer teste de mapeamento genético às mulheres com elevado risco de desenvolver câncer de mama. – Rafael Prudente

A oferta de realização do teste de mapeamento genético às mulheres com elevado risco de desenvolver câncer de mama,...
Foto/Reprodução

O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, foi esfaqueado nesta quinta-feira (6) em Juiz de Fora (MG), durante um evento de campanha. Aos Fatos está separando o que já foi confirmado oficialmente do que ainda não foi, para evitar a disseminação de teorias conspiratórias e desinformação.

Veja, abaixo, o que é fato e o que é ficção ou não foi confirmado em relação ao atentado. Esta reportagem está sendo atualizada ao longo da noite desta quinta-feira (6).


O QUE É FATO

1

Em nota, a Polícia Federal confirmou que o responsável pelo ataque a Bolsonaro foi Adelio Bispo de Oliveira, 40, que confessou o crime. Ele está preso em Juiz de Fora, na delegacia da PF, que informou ainda que Bolsonaro “contava com a escolta de policiais federais quando foi atingido”.

2

Bolsonaro foi encaminhado para a Santa Casa da Misericórdia de Juiz de Fora. Em comunicado, o hospital afirmou que o candidato “deu entrada no hospital por volta das 15h40 com uma lesão por material perfurocortante na região do abdômen.”

Jair Bolsonaro foi atendido na urgência, passou por um exame de ultrassonografia e estaria, até as 18h07 desta quinta-feira, no centro cirúrgico.

3

Os médicos do hospital participaram de uma coletiva de imprensa às 21h e atualizaram o estado de Bolsonaro. Segundo o médico Luiz Henrique Borsato, o candidato sofreu “uma lesão única, mas profunda” que atingiu uma veia e outros órgão abdominais. Depois de uma cirurgua de “aproximadamente duas horas”, “o paciente está internado em uma unidade intensiva de tratamento, um quadro grave pela natureza da lesão, mas ele está estável”. Ainda segundo Borsato, Bolsonaro está respirando normalmente, recobrou a consciência e reconheceu os filhos.

O médico afirmou que ainda não tem uma previsão do tempo de hospitalização, mas que é esperado “pelo menos uma semana, no mínimo”.


O QUE NÃO É FATO

1

Uma corrente de WhatsApp afirma que “Adélio Bispo de Oliveira é o nome do petista que tentou matar Jair Bolsonaro hoje em Juiz de Fora. Ele é filiado ao Partido dos Trabalhadores”. Isto, no entanto, é FALSO.

Não foi encontrado na relação de filiados divulgada pelo TSE o nome “Adélio Bispo de Oliveira” ligado ao Partido dos Trabalhadores no Estado de Minas Gerais. É FALSA afirmação de que o agressor esteja ligado ao PT.

É verdade, no entanto, que houve um “Adélio Bispo de Oliveira” filiado ao PSOL de Minas Gerais. Segundo os dados do TSE, consta que ele se filiou ao partido em maio de 2007, mas ele pediu a desfiliação em dezembro de 2014. Abaixo, está o registro de sua filiação nas bases do TSE.

Em entrevista à Folha, o presidente do PSOL, Juliano Medeiros, disse que o partido não deve responder pelo ataque: “queremos que ele seja julgado no rigor da lei. Parece que é uma pessoa bem confusa. Se fosse ligado ao PSOL, seria minha responsabilidade. Como não é filiado, não acho que seja da nossa alçada”.

Atualização 23h02: diferentemente do que informamos, Adélio Bispo de Oliveira pediu a desfiliação em 2014 e não em 2017. No ano passado ocorreu o processamento de sua saída.

2

Circulam nas redes sociais fotos (as originais estão aqui e aqui) e vídeos de Jair Bolsonaro andando normalmente por corredores de um local que parece ser um hospital. Junto a essas fotos, um comentário: “Foto mostra o candidato que sofreu uma tentativa de homicídio entrando a pé no hospital”. Isso é FALSO, já que essa foto não retrata o real momento em que Bolsonaro deu entrada no hospital após o atentado. Apenas um dos vídeos com a informação enganosa já acumula cerca de 3.000 compartilhamentos no Facebook.

No registro, pessoas estão vestidas com uniformes de centro cirúrgico, mas a imagem se refere a um evento anterior ao atentado, realizado na entre o fim da manhã e o início da tarde na Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer de Juiz de Fora, a Ascomcer.

UOL, republicando material da Agência Estado, narrou detalhes desse ato de campanha.

3

É uma montagem e, portanto, FALSA, uma imagem que retrata o responsável pelo ataque a Bolsonaro num ato político do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (veja a montagem aqui). A imagem original é de autoria do fotógrafo Ricardo Stuckert, do Instituto Lula, e consta de uma série de reportagens de vários sites e jornais, como O Globo Gazeta.

Um rápida busca pela ferramenta de pesquisa de imagem reversa do Google traz a fotografia original, reproduzida abaixo. Ela foi feita em Curitiba (PR), em 5 de maio de 2017, quando Lula prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro.

A imagem adulterada coloca o rosto do agressor, Adélio Bispo de Oliveira, no lugar onde originalmente estava um homem de óculos próximo a uma bandeira verde, no canto direito da foto.

4

É FALSO que o agressor era filiado ao PDT. A afirmação faz uma confusão com os nomes de um filiado ao PDT e o autor do ataque. Quem atacou Bolsonaro e já está preso tem o nome “Adelio Bispo de Oliveira”. Já “José Adelio Bispo de Oliveira” é outra pessoa, também de Minas Gerais, e filiado ao PDT desde 1992. Ou seja, trata-se de uma confusão apenas porque o nome de ambos é muito parecido.

Como explicado por Aos Fatos em outra reportagem, o único “Adélio Bispo de Oliveira” que consta das filiações do TSE é o que foi filiado ao PSOL de 2007 a 2014.

FONTE : AOS FATOS.ORG

- Publicidade-

Últimas Notícias

Será que eu sou neurótico? – A Mente é Maravilhosa

A palavra neurótico se tornou muito popular e perdeu parte do seu significado original no processo. Embora tenha sido...

Homem é preso por tráfico de drogas em Pastos Bons – MA • PM/MA | Policiamento Inteligente

Na noite de domingo (25), Policiais Militares do 35º Batalhão de Polícia Militar prenderam um homem suspeito de tráfico de drogas em...

Hospitais terão que fazer teste de mapeamento genético às mulheres com elevado risco de desenvolver câncer de mama. – Rafael Prudente

A oferta de realização do teste de mapeamento genético às mulheres com elevado risco de desenvolver câncer de mama, será obrigatória em todos os...

Treinamento aprimora o uso de aplicativo por servidores – Agência Brasília

Tadashi: quase 700 demandas registradas até o momento | Foto: Joel Rodrigues/Agência BrasíliaAssessor especial do governo e um dos criadores do e-Cidades, Tadashi Mae...

Edital de chamamento Público nº 002/2020 | Prefeitura Municipal de Goiás

CREDENCIAMENTO DE PROJETOS PARA SELEÇÃO E PREMIAÇÃO COM FINALIDADE DE REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES CULTURAIS EM FORMATO DE ISOLAMENTO SOCIAL. O presente Edital tem por...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-