Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e público tem olhos vendados para vivenciar a sua realidade | JORNAL DO POVÃO DF | Fatos verdades

Mais Lidas

Será que eu sou neurótico? – A Mente é Maravilhosa

A palavra neurótico se tornou muito popular e perdeu parte do seu significado original no processo. Embora tenha sido...

Homem é preso por tráfico de drogas em Pastos Bons – MA • PM/MA | Policiamento Inteligente

Na noite de domingo (25), Policiais Militares do 35º Batalhão de Polícia Militar prenderam um homem suspeito...

Hospitais terão que fazer teste de mapeamento genético às mulheres com elevado risco de desenvolver câncer de mama. – Rafael Prudente

A oferta de realização do teste de mapeamento genético às mulheres com elevado risco de desenvolver câncer de mama,...

Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e público tem olhos vendados para vivenciar a sua realidade
Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e público tem olhos vendados para vivenciar a sua realidade
Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e público tem olhos vendados para vivenciar a sua realidade
imagem04-10-2019-04-10-55
imagem04-10-2019-04-10-55
Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e público tem olhos vendados para vivenciar a sua realidade
Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e público tem olhos vendados para vivenciar a sua realidade
Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e público tem olhos vendados para vivenciar a sua realidade
Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e público tem olhos vendados para vivenciar a sua realidade
imagem04 10 2019 04 10 00
imagem04 10 2019 04 10 00
imagem04-10-2019-04-10-00
PUBLICIDADE ANUNCIE

Ouvir a música com o coração. É desta forma que o público assiste a um espetáculo do duo de músicos cegos, A Corda em Si, de Florianópolis (SC). São eles, o contrabaixista Mateus Costa, 43 anos, e a cantora Fernanda Rosa, 38 anos.

Com todas as luzes apagadas e com os olhos vendados, o público vive uma experiência inesquecível com a turnê “Livremente”, terceiro da dupla com músicas autorais.

No local é instalado um piso tátil e as ações no palco são narradas por um audioescritor. E desta forma, o público não só sente a música, mas como também vivencia a realidade de um deficiente visual.

duo de contrabaixista e cantora cegos
duo de contrabaixista e cantora cegos
duo de contrabaixista e cantora cegos Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e o público “assiste” de olhos vendados. Foto: Antonio Rossa

“O duo de contrabaixo e voz é uma formação bastante rara, e tem essa coisa do não preenchimento, a gente insinua muitas vezes coisas que não estamos tocando, por exemplo, uma flauta, que não está sendo tocada de verdade e bagagem musical de cada pessoa que assiste preenche essa lacuna. É um show que nos rendeu prêmios e é uma proposta de inclusão, de que todos tenham a mesma percepção e que todos são tratados iguais”, contou o casal.

No site da A Corda em Si é possível conhecer outros álbuns do duo e seu trabalho incrível!

cantora com deficiência visual ao lado docontrabaixista, ambos tem deficiência visual
cantora com deficiência visual ao lado docontrabaixista, ambos tem deficiência visual
cantora com deficiência visual ao lado docontrabaixista, ambos tem deficiência visualA formação de contrabaixista e cantora é rara e a A Corda em Si traz essa proposta. Foto: Antonio Rossa
casal de músicos cego se beijando no palco
casal de músicos cego se beijando no palco
casal de músicos cego se beijando no palcoCasal está junto há 10 anos na estrada e na vida. Juntos, tiveram o filho Francisco, de dois anos. Foto: Antonio Rossa

O casal se entende pelos sons

O casal se conheceu num curso de música, e numa disciplina de canto e coral, uma amiga em comum apresentou eles. Começaram nos corredores propondo fazer um som. Hoje, estão há 10 anos na estrada e juntos. Da união dos músicos, nasceu também o Francisco, de dois anos, único sem deficiência visual em casa.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Leia também: Garoto que sonha ter bateria ganha do pai instrumento improvisado

Mateus não nasceu cego. Ele desenvolveu a deficiência progressivamente quando aos 14 anos foi diagnosticado com retinose pigmentar.

“Eu tenho memória visuais muito forte, inclusive, quando eu sonho, eu consigo ver as pessoas, os rostos. Comecei a tocar vários instrumentos desde pequeno, violino, piano. Um dia, numa festa da escola, passei do lado de uma caixa de som e eu nunca esqueço que o meu corpo todo vibrou e quando toquei o contrabaixo, o meu corpo também vibrou e essa memória afetiva me fez optar por esse instrumento”, contou emocionando.

Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e público tem olhos vendados para vivenciar a sua realidade 1
Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e público tem olhos vendados para vivenciar a sua realidade 1
Casal de músicos cegos se apresenta no escuro e público tem olhos vendados para vivenciar a sua realidade 1Foto: Arquivo pessoal

Fernanda nasceu com glaucoma e possui 13% da visão. “A minha experiência de visão é bem diferente do Mateus, as minhas referências são mais as misturas de sons e cheiros. Desde criança eu cantava bastante e a minha mãe e a minha avó cantavam bastante. Mas na época, a mulher que cantava na noite não era bem vista. E hoje estou aqui fazendo a voz dessas mulheres”, disse.

Em casa, eles fazem de tudo: trocam fralda, fazem comida, inclusive, relataram que até esquecem que são deficientes visuais, já que a casa é bem adaptada. Fazem tudo juntos!

“A gente acredita que o Francisco já sabe que somos deficientes visuais, apesar de ainda não entender. Então, ele tenta trazer referências de toque e som para dizer o que ele quer. Ele pega a nossa mão para mostrar o que ele quer”, relataram.

O DVD pode ser acessado pelo canal A Corda em Si. Está lindo! Abaixo uma linda apresentação da dupla.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

pai filha cantinho bambu prêmios programa tv
pai filha cantinho bambu prêmios programa tv
pai filha cantinho bambu prêmios programa tv PUBLICIDADE ANUNCIEConteúdo Bloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidadeConteúdo Bloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade

imagem04-10-2019-04-10-59
imagem04-10-2019-04-10-59

Fonte: fatosverdades.com.br/noticias/distrito-federal/casal-de-musicos-cegos-se-apresenta-no-escuro-e-publico-tem-olhos-vendados-para-vivenciar-a-sua-realidade-jornal-do-povao-df

- Publicidade-

Últimas Notícias

Será que eu sou neurótico? – A Mente é Maravilhosa

A palavra neurótico se tornou muito popular e perdeu parte do seu significado original no processo. Embora tenha sido...

Homem é preso por tráfico de drogas em Pastos Bons – MA • PM/MA | Policiamento Inteligente

Na noite de domingo (25), Policiais Militares do 35º Batalhão de Polícia Militar prenderam um homem suspeito de tráfico de drogas em...

Hospitais terão que fazer teste de mapeamento genético às mulheres com elevado risco de desenvolver câncer de mama. – Rafael Prudente

A oferta de realização do teste de mapeamento genético às mulheres com elevado risco de desenvolver câncer de mama, será obrigatória em todos os...

Treinamento aprimora o uso de aplicativo por servidores – Agência Brasília

Tadashi: quase 700 demandas registradas até o momento | Foto: Joel Rodrigues/Agência BrasíliaAssessor especial do governo e um dos criadores do e-Cidades, Tadashi Mae...

Edital de chamamento Público nº 002/2020 | Prefeitura Municipal de Goiás

CREDENCIAMENTO DE PROJETOS PARA SELEÇÃO E PREMIAÇÃO COM FINALIDADE DE REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES CULTURAIS EM FORMATO DE ISOLAMENTO SOCIAL. O presente Edital tem por...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-