África terá maioria dos falantes do português | Fatos verdades

Mais Lidas

Os prós e contras de ser um pai permissivo – A Mente é Maravilhosa

Ser um pai permissivo não precisa ser algo negativo, embora esses não sejam em si os melhores fundamentos que...

PMMA apreende arma de fogo em Itapecuru Ma • PM/MA | Policiamento Inteligente

Na noite da última quinta (29), policiais militares da Força tática do 28º BPM realizavam rondas pelo...

DF ganha clínica da mulher com capacidade para 3,7 mil atendimentos por mês – Rafael Prudente

O centro vai cuidar de diferentes perfis, como o daquelas que tratam ou têm suspeita de câncer...

África terá maioria dos falantes do português

imagem08-10-2019-06-10-05
imagem08-10-2019-06-10-05

Artigos relacionados

Jogos Olímpicos
Jogos Olímpicos
Jogos Olímpicos

Equipe masculina de ginástica garante vaga olímpica

9 horas atrás

Jaguar Land Rover
Jaguar Land Rover
Jaguar Land Rover

SUVs F-Pace e Velar da Land Rover chegam ao Brasil

12 horas atrás

O português foi desenvolvido a partir do latim e está intimamente relacionado ao espanhol moderno. O nome vem de Portugal, que vem do Porto, a segunda maior cidade do país

Com cerca de 210 milhões de habitantes e a maior população entre os países-membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), o Brasil é hoje, de longe, a nação com o maior número de falantes do idioma. Mais de oito em cada 10 pessoas que falam português no mundo atualmente são brasileiros.

“No entanto, a partir de 2050, essa realidade começará a mudar e o crescimento demográfico de Angola e Moçambique, somado a uma redução da população no Brasil, puxará o pêndulo da língua portuguesa para o continente africano”. A afirmação é do ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva, para quem, até o final deste século, a maioria dos falantes do português estará na África.

Plasticidade e dinamismo

“Quando olho para os números e para os mapas, o que eu vejo é isso: há, neste momento, no mundo, mais de 250 milhões de falantes do português como língua materna ou segunda língua – quatro quintos dos quais são brasileiros. E, quando olho para o futuro, ao longo deste século, o que vai acontecer? O número de falantes vai chegar a 500 milhões e a maioria vai passar a ser de africanos”, afirma Santos Silva.

Ele chama a atenção para a grande plasticidade da língua, que “começou por ser europeia, a língua de Camões. Depois, passou a ser brasileira. A língua portuguesa hoje é, sobretudo, uma língua brasileira. É a língua do Chico Buarque ou da Clarice Lispector. E, ao longo deste século, vai passar a ser uma língua africana. Uma língua de angolanos, moçambicanos, a língua de Mia Couto, a língua do Luandino Vieira ou do Pepetela. É uma língua extremamente dinâmica.”

Em crescimento

Em entrevista recente na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, o ministro português dos Negócios Estrangeiros disse que está otimista com a expansão do idioma lusitano. “A Unesco diz que é uma das três línguas do mundo que mais vai crescer e que mais está a crescer. Isso nos dá uma enorme responsabilidade,” afirmou.

Merece especial destaque na preservação e difusão da língua a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), integrada por Brasil, Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Seis dos nove membros da CPLP são países africanos.

Segundo o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, “a partir dos três pilares da CPLP – a concertação político-diplomática, a cooperação em todos os domínios e a promoção e difusão da língua portuguesa –, surgem iniciativas concretas de cooperação e apoio em casos de crise e estreita coordenação dos nove países nos foros multilaterais”.

Instituto Guimarães Rosa

Dentro do espírito de difusão da língua, Araújo anunciou recentemente o lançamento de um instituto brasileiro para ensino do idioma, nos moldes do Instituto Camões, de Portugal. Trata-se do Instituto Guimarães Rosa, que homenageia o grande escritor e diplomata brasileiro.

“Estamos criando um novo instituto para promoção da cultura brasileira no exterior, que permitirá uma presença mais estruturada do Brasil na área da cooperação cultural e onde um destaque muito especial caberá à nossa cooperação com a África”, frisou Araújo, durante discurso em Brasília, em maio, por ocasião da celebração do Dia da África.

A iniciativa brasileira é celebrada pelo chanceler português Santos Silva, para quem o novo instituto “vai dar mais, digamos assim, artilharia, no sentido bom do termo, à promoção internacional da língua portuguesa”.

Além disso, o ministro português deu três exemplos recentes da expansão da língua portuguesa no mundo. “Primeiro, o sucesso que foi, este ano, o início de aulas de português na Escola de Línguas das Nações Unidas com patrocínio luso-brasileiro. Segundo, o fato de, neste mês de outubro, ser anunciada a primeira escola bilíngue em português e inglês em Londres. Terceiro, um protocolo que firmamos com a Universidade de Sevilha, na Espanha, para ensino da língua portuguesa e que já conta com 130 inscrições.”

Diásporas Lusófonas

Falado no Brasil, em Portugal, no Timor-Leste e em seis países africanos, o português tem ainda milhões de falantes em países como Estados Unidos, França e África do Sul, que concentram grandes diásporas lusófonas.

Segundo o Instituto Camões e o Instituto Português no Oriente, o interesse pelo aprendizado do idioma na China, principalmente na Região Administrativa Especial de Macau, tem aumentado.

O interesse do país asiático pela língua portuguesa está ligado ainda às relações comerciais da China com o Fórum Macau, uma plataforma de cooperação econômica com os países de língua portuguesa, que foi fundada em 2003.

Origens e expansão do idioma

O português foi desenvolvido a partir do latim e está intimamente relacionado ao espanhol moderno. O nome vem de Portugal que, por sua vez, vem do Porto, a segunda maior cidade do país.

A difusão internacional da língua lusa se deu a partir do século XV, com a expansão marítima do império português, que já se estendeu da América do Sul ao Sudeste Asiático, passando pela África e pela Índia. Atualmente, o português é língua oficial em nove países, assim como no território chinês de Macau.

Embora os rankings internacionais difiram, o português está hoje entre as 10 línguas mais faladas do mundo, variando entre a 6ª e a 9ª posição, a depender do enfoque adotado.

 

Fonte: Agência Brasil/ Com informações da ONU News

Conteúdo Bloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade

imagem08-10-2019-06-10-12
imagem08-10-2019-06-10-12

Fonte: fatosverdades.com.br/noticias/distrito-federal/africa-tera-maioria-dos-falantes-do-portugues

- Publicidade-

Últimas Notícias

Os prós e contras de ser um pai permissivo – A Mente é Maravilhosa

Ser um pai permissivo não precisa ser algo negativo, embora esses não sejam em si os melhores fundamentos que...

PMMA apreende arma de fogo em Itapecuru Ma • PM/MA | Policiamento Inteligente

Na noite da última quinta (29), policiais militares da Força tática do 28º BPM realizavam rondas pelo bairro Miquilina, quando observaram um...

DF ganha clínica da mulher com capacidade para 3,7 mil atendimentos por mês – Rafael Prudente

O centro vai cuidar de diferentes perfis, como o daquelas que tratam ou têm suspeita de câncer ginecológico ou sofrem situação de...

Em debate, proposta de revisão de preços cobrados pelo SLU – Agência Brasília

Nova proposta revisa os preços dos serviços referentes à coleta de resíduos sólidos orgânicos e indiferenciados, entre outros | Foto: Arquivo/Agência BrasíliaA Agência Reguladora...

Mapeamento Cultural | Prefeitura Municipal de Goiás

  Clique aqui para preencher o formulário de  Mapeamento Cultural do Município de Goiás Fonte: www.prefeituradegoias.go.gov.br/2020/08/18/mapeamento-cultural/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=mapeamento-cultural
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-