Saturday, May 21, 2022
spot_img
HomeTECNOLOGIASubvariante BA.2 é mais agressiva que a 'ômicron original', aponta estudo

Subvariante BA.2 é mais agressiva que a ‘ômicron original’, aponta estudo


Um estudo realizado por pesquisadores japoneses apontou que a subvariante BA.2 da variante ômicron do vírus da Covid-19 é mais agressiva que a “ômicron original”. De acordo com o trabalho, a carga viral nos pulmões de camundongos infectados com a BA.2 foi maior do que a dos animais infectados com a BA.1.

Estudos anteriores já haviam apontado que, por conta da preferência da ômicron original pelas vias aéreas superiores (nariz e garganta), em vez dos pulmões, era apontada como uma razão para que a cepa fosse menos mortal. Porém, a BA.2 parece não carregar essa mesma característica.

publicidade

BA.2 chega aos pulmões

Diferente da ômicron original, a BA.2 chega aos pulmões com grande carga viral. Créditos: Shutterstock

De acordo com os pesquisadores japoneses, a subvariante da ômicron também infecta as células dos pulmões, o que pode ser um fator de aumento do risco de morte. Além disso, a BA.2 também parece se reproduzir mais rápido do que a BA.1.

Outra conclusão do estudo foi de que a subvariante é resistente à imunidade natural adquirida por uma infecção primária pela ômicron original. Isso significa que uma pessoa que se infectou com a BA.1, ainda pode se infectar com a BA.2.

Leia mais:

“Nossas investigações em multiescala sugerem que o risco de BA.2 para a saúde global é potencialmente maior do que BA.1”, disseram os pesquisadores. Isso acontece porque há diversas diferenças genéticas entre as duas subvariantes da ômicron.

Variante PI?

Isso tem um reflexo importante nas características virológicas da doença, que pode causar um risco de agravamento da doença em casos de infecções pela subvariante em comparação com a cepa original. Por conta disso, os pesquisadores sugerem que a BA.2 seja declarada como uma variante de preocupação.

Caso isso aconteça, a BA.2 deixa de ser considerada uma subvariante da ômicron e pode ganhar sua própria letra grega. Neste caso, ao invés de BA.2, a nova variante deve ser chamada de variante pi, que é a próxima letra grega depois da ômicron.

Via: O Globo

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!





Source link

RELATED ARTICLES
- Advertisment -spot_img

populares