Destaques Conselho do Brasileirão rejeita retorno de público a estádios

Conselho do Brasileirão rejeita retorno de público a estádios

-

- Advertisment -

O Conselho Técnico da Série A do Campeonato Brasileiro decidiu nesta quarta-feira (8) não permitirá o retorno do público aos estádios enquanto todas as cidades que têm times na primeira divisão não autorizarem a presença de torcedores, informou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A decisão só não teve apoio do Flamengo, que não compareceu à reunião, após a Prefeitura do Rio de Janeiro liberar a presença de público em jogos do time no Maracanã a partir da semana que vem.

O Flamengo argumenta que o Conselho não tem competência para deliberar sobre o tema e considera que não cabe à CBF ou aos clubes deliberar acerca da presença de público nos estádios, por não se tratar de questão desportiva.

“Compete exclusivamente às autoridades governamentais locais dispor sobre a possibilidade ou não de público em eventos esportivos ou de outra natureza”, afirmou o clube da Gávea em nota.

Uma nova reunião de clubes da Série A deve ocorrer no dia 28. Os clubes pretendem recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e ameaçam até parar a competição caso a volta de público não seja igual para todos.

“Os clubes manifestaram, por unanimidade, que irão pleitear à CBF que sejam suspensas rodadas da competição nas quais clubes sinalizem com a utilização de liminar para contar com público nos estádio”, afirmou a CBF em nota.

A prefeitura do Rio liberou na última terça-feira (7) a presença de milhares de torcedores no estádio em partidas do Flamengo a partir da semana que vem, em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19) e apesar da disseminação da variante Delta, que é mais contagiosa, na cidade.

O clube já pressionava há algum tempo pela volta do público aos estádios, e já havia feito várias tentativas de obter permissão das autoridades neste sentido.

A prefeitura do Rio liberou a presença de convidados no Maracanã neste ano na final da Copa Libertadores e na decisão da Copa América. Nos dois casos houve aglomeração dentro do estádio e desrespeito aos protocolos sanitários, o que levou a prefeitura a multar a CBF e a Conmebol, entidade que comanda o futebol sul-americano.

Fonte: Agência Brasil

Latest news

Mais empregos para pessoas com deficiência no DF – Agência Brasília

“Fazemos o encaminhamento das pessoas, e este ano já foram cerca de mil” Thales Ferreira, secretário do Trabalho O...

Covid-19: Brasil tem 8,6 mil casos e 243 mortes em 24 horas

O Brasil registrou 8.668 casos de covid-19 e 243 mortes causadas pela doença em 24 horas, segundo o boletim...

Dados revelam que 95% de internados por Covid são de não-vacinados

O infectologista e diretor da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações), Renato Kfouri afirmou neste sábado (25),  que pessoas com...

Risco de covid-19 grave é até 6 vezes maior em pacientes com Alzheimer

Pesquisadores brasileiros identificaram que o Alzheimer é um fator de risco para quem contrai a covid-19, independentemente da idade....
- Advertisement -

Brasil terá clássico com Argentina na semifinal do Mundial de Futsal

O Brasil sofreu, mas está classificado às semifinais da Copa do Mundo de Futsal, que é disputada na Lituânia....

Homem que roubou veículo no Lago Norte foi preso pela PMDF em Santa Maria

A Polícia Militar prendeu um homem por roubo, neste sábado (25), no trecho 8, Conjunto 1,...

Must read

Mais empregos para pessoas com deficiência no DF – Agência Brasília

“Fazemos o encaminhamento das pessoas, e este ano...

Covid-19: Brasil tem 8,6 mil casos e 243 mortes em 24 horas

O Brasil registrou 8.668 casos de covid-19 e 243...
- Advertisement -

You might also likeRELATED
Recommended to you