Destaques AGED de Pinheiro realiza ações de defesa e inspeção...

AGED de Pinheiro realiza ações de defesa e inspeção vegetal em Pedro do Rosário

-

- Advertisment -

Propriedades de abacaxi foram fiscalizadas. (Foto: Divulgação)

Os fiscais da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), da Unidade Regional de Pinheiro, realizaram inspeção sanitária em propriedades rurais produtoras de abacaxi e fiscalizaram revendas agropecuárias no município de Pedro do Rosário. O objetivo da ação foi de identificar o nível de infestação por fusariose (um fungo que causa podridão nos frutos) nas propriedades produtoras e sobre a utilização correta de agrotóxicos. 

Durante a ação, a AGED realizou reunião com os produtores rurais para instruir sobre o uso seguro e correto de agrotóxicos e afins, além de orientações de como evitar a exposição dos aplicadores, assim como de realizar o descarte correto das embalagens vazias, evitando contaminação do meio ambiente e a reutilização de embalagens contaminadas.

Fiscais vistoriaram as propriedades. (Foto: Divulgação)

Os fiscais repassaram ainda orientações sobre as medidas preventivas no controle e combate da fusariose, principal doença que acomete a cultura do abacaxi. A inspeção e fiscalização por parte da AGED nas propriedades produtoras têm sido importante, uma vez que o município de Pedro do Rosário vem aumentando o número de produtores e de área plantada, principalmente com a cultura do abacaxi pérola, a cada ano.

Os agricultores praticam o comércio local e escoam a produção do abacaxi nos municípios vizinhos. Produtores pioneiros e com áreas superiores a 1 hectare já estão conseguindo comercializar os abacaxis para outros estados. 

A AGED explica que a fusariose ou gomose do abacaxi é uma praga de importância econômica. É causada pelo fungo Fusarium guttiforme (=Fusarium subglutinans f. sp.ananas), que provoca podridão nos frutos e também infecta as mudas. As perdas são variáveis, podendo atingir índices superiores a 80% caso a frutificação ocorra em épocas chuvosas e de temperatura amena. 

Casas agropecuárias também foram alvo da ação da AGED. (Foto: Divulgação)

Os sintomas são caracterizados, principalmente, pela exsudação de goma, que pode aparecer nas mudas, plantas e frutos. O controle desta doença fundamenta-se basicamente na aplicação preventiva de fungicidas.

A AGED, através da defesa vegetal, desenvolve levantamentos de detecção/delimitação/verificação em propriedades para prevenção e controle da praga em conformidade com a legislação vigente, por meio da Portaria AGED nº 165, de 23 de março de 2012.

>

Fonte: Agência de Notícias do Maranhão

Latest news

Tati Zaqui dá zoom no corpão ao renovar bronzeado: “Marquinha ok”

  Nesta semana, Tati Zaqui abalou as estruturas nas redes sociais após compartilhar uma...

Ritmo de exames diagnósticos é mantido em plena pandemia – Agência Brasília

Mesmo diante da pandemia do coronavírus, o Hospital de Base (HBDF) vem conseguindo manter estável o volume de...

Prévia da inflação oficial sobe para 1,14% em setembro

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que mede a prévia da inflação oficial no país,...

Em 11 dias, Estado confirma mais de R$ 50 milhões em obras na Região Metropolitana de Curitiba

Pavimentação, regularização fundiária, terminal de transporte urbano, duplicação de rodovia, ponte e trincheira. Entre obras, projetos e ações, o...
- Advertisement -

Em 11 dias, Estado confirma mais de R$ 50 milhões em obras na Região Metropolitana de Curitiba

Pavimentação, regularização fundiária, terminal de transporte urbano, duplicação de rodovia, ponte e trincheira. Entre obras, projetos e ações, o...

Hospital de Santa Maria reativa atendimento médico domiciliar

Desde que foi reativado em 2 de agosto, depois de ficar paralisado durante dois anos, o Núcleo Regional de...

Must read

- Advertisement -

You might also likeRELATED
Recommended to you