Destaques Três secretarias ganham 113 novos servidores para reforçar os...

Três secretarias ganham 113 novos servidores para reforçar os trabalhos

-

- Advertisment -

Comprometido com a atuação no campo social, o Governo do Distrito Federal (GDF) nomeou 113 novos servidores para reforçar os trabalhos em três secretarias – de Desenvolvimento Social, da Mulher e de Justiça e Cidadania. O ato ocorreu nesta quinta-feira (19), no Palácio do Buriti, com a presença dos novos profissionais aprovados na carreira de Assistência Social.

Do total de 113 nomeações, 88 servidores vão atuar na Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), 22 na Secretaria da Mulher e três na Secretaria de Justiça (Sejus). Os cargos são variados, de pedagogos a educadores sociais, passando por agentes sociais e especialistas em Direito e Legislação, Economia ou Ciências Contábeis.

Ibaneis Rocha pretende até o final do ano nomear mais servidores para atuar na área social  | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

Durante a cerimônia de nomeação dos aprovados, o chefe do Executivo local disse que na pandemia os gastos para cuidar de pessoas aumentaram bastante, no entanto, não foi um impeditivo para o governo seguir trabalhando para não deixar a cidade parar.

“A maior obra que um homem pode deixar é cuidar de pessoas. Nosso governo não tem falhado em cuidar daqueles que precisam. Vamos unir esforços, chamar servidores e fazer um belíssimo trabalho no campo social”, disse o governador Ibaneis Rocha, ao enumerar ações como os cartões Prato Cheio e Cartão Gás, o trabalho na Casa da Mulher Brasileira e também os investimentos na proteção às mulheres vítimas de violência.

Segundo Ibaneis Rocha, o governo pretende até o final do ano nomear mais servidores para atuar na área social. “Em época de dificuldade agravam-se os problemas sociais. E nessa hora o governo tem que resolver os problemas da população”, acrescentou.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, o GDF viabilizou a nomeação de 9.376 servidores para atuarem em diversas áreas no contexto do combate à covid-19

Titular da Sedes, a secretária Mayara Noronha Rocha afirmou que a pandemia só aumentou a demanda social da população. “Estamos falando de uma década sem andamento de concurso, sem chamamento de servidores de uma área tão essencial. Neste governo, a assistência social recebeu a devida atenção”, lembrou. “Gente para cuidar de gente com empatia e muita vontade de fazer as coisas funcionarem, muito amor pelo trabalho”, completou.

À frente da Sejus, a secretária Marcela Passamani também comemorou o chamamento. “Temos um déficit de nomeações na secretaria e esse momento chegou. Os servidores chegam num momento importante e vão ajudar muito na questão social”, apontou.

Já a secretária da Mulher, Éricka Filippelli reforçou a declaração das outras gestoras. “Ver pessoas sendo chamadas para somarem ao exército que vai cuidar de pessoas, me deixa muito contente”, afirmou. Ainda segundo Filippelli, os novos servidores “estão chegando no melhor momento da Assistência Social, com programas que chegam na ponta e que funcionam efetivamente”.

Aprovada no concurso, a servidora Nara Priscila está animada em começar a atuar na Sedes no cargo de assistente social. “Tenho escutado das pessoas que já foram nomeadas que é muito bom trabalhar lá. Estou ansiosa para começar e me sinto preparada. A assistência social precisa ser reforçada e a pandemia afetou muito essa área”, afirmou.

Quase dez mil nomeações

Desde o início da pandemia, em março de 2020, o GDF viabilizou a nomeação de 9.376 servidores para atuarem em diversas áreas no contexto do combate à covid-19. São profissionais da saúde, da segurança e do social, por exemplo.

Segundo a Secretaria de Economia, foram 6.347 nomeações em 2020. Este ano, já foram efetivadas 1.929 nomeações e, além delas, há ainda 1,1 mil contratações em trânsito. Ou seja, que já foram autorizadas e agora dependem de análise e efetivação por parte da Secretaria de Saúde.

“A nossa gestão tem lutado muito para reestruturar o quadro de pessoal da Sedes. Esperamos até o fim do ano repor todas as vacâncias que temos na secretaria”, reforçou Ana Paula Marra, secretária-adjunta de Desenvolvimento Social.

Prazos de validade

Os prazos de validade de concursos públicos foram suspensos em 2020 devido ao estado de calamidade na saúde pública. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial do DF (DODF) em agosto do ano passado e está prevista na Lei Nº 6.662/2020, de autoria do Poder Executivo. A lei tem como objetivo resguardar os direitos dos candidatos aprovados.

No entanto, a norma não impede a nomeação de aprovados para reposições decorrentes de vacância de cargos públicos efetivos. Ou seja, quando há aposentadoria, exoneração ou morte de estatutários em atividade.

Galeria de Fotos

Três secretarias ganham 113 novos servidores para reforçar os trabalhos

Fonte: Agência Brasília

Latest news

Assim como asilos, creches poderão ser obrigadas a manter sistema permanente de videomonitoramento

Assim como asilos, casos de repouso e similares, creches também deverão manter um sistema permanente de videomonitoramento. É o...

SP anuncia redução de intervalo de doses da Pfizer para 21 dias

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou hoje (18), por meio de suas redes sociais, que o intervalo entre as...

Presidente da Colômbia está no Brasil para visita oficial de dois dias

O presidente da Colômbia Iván Duque está no Brasil para visita oficial de dois dias. A programação do chefe de Estado...

Sanepar é anfitriã de congresso de saneamento que reúne principais companhias do País

Autoridades e presidentes das principais companhias de saneamento do País participaram na noite deste domingo (18) da abertura do...
- Advertisement -

Outubro Verde chama a atenção para combate à sífilis

Neste mês é realizada a campanha Outubro Verde, que busca promover a conscientização sobre a sífilis no Brasil. A...

Outubro Verde chama a atenção para combate à sífilis – Agência Brasília

Neste mês é realizada a campanha Outubro Verde, que busca promover a conscientização sobre a sífilis no Brasil....

Must read

SP anuncia redução de intervalo de doses da Pfizer para 21 dias

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou hoje (18), por...
- Advertisement -

You might also likeRELATED
Recommended to you