Destaques Governo do Estado esclarece sobre localização da praça de...

Governo do Estado esclarece sobre localização da praça de pedágio na PR-445

-

- Advertisment -

O Governo do Paraná esclarece que, com a formatação da nova modelagem de concessões rodoviárias, a praça de pedágio prevista para funcionar na PR-445, na Região Norte, será instalada no entroncamento da via com a BR-376, a Rodovia do Café. A medida atende a um pedido do Estado após consulta pública e foi motivo de diversas reuniões com o governo federal durante a elaboração do projeto. O anúncio da mudança foi feito pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior na quinta-feira (12), em Londrina, durante reunião com o setor produtivo da região.

A proposta, construída após uma série de consultas que contou também com a participação direta do Poder Legislativo e da sociedade civil organizada, prevê o funcionamento das cancelas logo após a saída da Rodovia do Café, no início da PR-445. Ou seja, ao contrário de algumas notícias falsas que circularam, quem precisa trafegar entre Londrina e os diferentes distritos que integram a cidade ou entre Londrina e Tamarana não precisará pagar a tarifa.

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, a previsão é que a praça de Tamarana tenha uma tarifa inicial de R$ 9,52. Valor que vai diminuir em razão dos diferentes gatilhos previstos em contrato, já que no novo modelo de concessão vence o leilão a empresa que apresentar o maior desconto da tarifa ao usuário, o chamado deságio proposto pelas empresas em disputa.

Esse desconto será associado a um aporte financeiro ofertado pela concessionária para garantir a execução do contrato. Chamado de seguro-usuário, esse valor é proporcional ao percentual de desconto concedido à tarifa. Estão previstos três níveis de aporte: de 1% a 10%, de 11% a 17% e a partir de 17%. Para isso, as empresas precisam investir R$ 15 milhões por ponto percentual até 10%, R$ 60 milhões por ponto percentual até 17% e R$ 150 milhões por ponto percentual a partir de 17%. O valor será assegurado por lote, e poderá ser aplicado com diferentes finalidades, a serem decididas em cada um deles.

Por exemplo, se o pregão for vencido por uma empresa que ofereceu deságio de 10%, a tarifa cai imediatamente para R$ 8,57. Se chegar a 17%, fica em R$ 7,90. E, no caso de um desconto de 25%, fica em R$ 7,14.

Entre as principais obras estipuladas para ocorrer no lote 3, do qual a praça de Tamarana faz parte, estão o contorno Norte e Leste de Ponta Grossa, Califórnia, Arapongas e Apucarana; a duplicação da BR-376 entre Imbaú e Ortigueira; a duplicação da PR-445 (entre Mauá da Serra e Irerê); a duplicação da PR-170 (Norte de Apucarana); a duplicação da PR-323 (entre Cambé e a divisa com o Estado de São Paulo); marginais nos trechos urbanos em Jandaia do Sul, Londrina e Sertanópolis; e faixa adicional da PR-445 (Londrina).

A concessão rodoviária está dividida em seis lotes que totalizam 3,3 mil quilômetros de estradas. O conjunto é formado por estradas estaduais (35%) e federais (65%). O projeto prevê investimentos de R$ 44 bilhões em obras, valor equivalente a 120 anos de orçamento federal para rodovias, aplicado somente no Paraná. O pacote de concessões estima ainda outros R$ 35 bilhões destinados a custos de operação e manutenção das vias (OPEX). A expectativa é que o leilão na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) possa ocorrer no primeiro semestre de 2022.

Fonte: Agência Estadual de Notícias

Latest news

Moto Club vence de novo o Castanhal e está nas oitavas da Série D

O Moto Club, do Maranhão, voltou a vencer, na tarde deste domingo (19), o paraense Castanhal, por 2 a...

Construção civil convoca mais de 220 profissionais – Agência Brasília

O mercado da construção civil está aquecido no DF. Além do aumento das emissões de alvará – 32%...

Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos

Morreu hoje (19) o ator Luis Gustavo Blanco, aos 87 anos de idade. Segundo o sobrinho, o também...

Construção civil convoca mais de 220 profissionais

O mercado da construção civil está aquecido no DF. Além do aumento das emissões de alvará – 32% no...
- Advertisement -

Construção de pontes promove novas oportunidades aos maranhenses que antes viviam no isolamento

Finalização do içamento das vigas metálicas nos blocos...

Desenvolvimento Territorial elabora projeto para revitalizar Mirante de Cruz das Almas

Reforma será concluída em novembro deste ano e inclui melhorias no piso, construção de rampas acessíveis, entre outras intervenções Um...

Must read

Moto Club vence de novo o Castanhal e está nas oitavas da Série D

O Moto Club, do Maranhão, voltou a vencer, na...

Construção civil convoca mais de 220 profissionais – Agência Brasília

O mercado da construção civil está aquecido no...
- Advertisement -

You might also likeRELATED
Recommended to you