Destaques Caged: Brasil cria 316 mil postos de trabalho formal...

Caged: Brasil cria 316 mil postos de trabalho formal em julho

-

- Advertisment -

O Brasil registrou um saldo de 316.580 novos trabalhadores contratados com carteira assinada em julho de 2021. O saldo é o resultado de um total de 1.656.182 admissões e 1.339.602 desligamentos. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) divulgado hoje (26) pelo Ministério do Trabalho, o salário médio de admissão caiu 1,25% na comparação com o mês anterior, situando-se em R$ 1.801,99.

No acumulado do ano, o país registra saldo de 1.848.304 empregos, decorrente de 11.255.025 admissões e de 9.406.721 desligamentos. O estoque nacional de empregos formais, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos, relativo a julho ficou em 41.211.272 vínculos, o que representa uma variação de 0,77% em relação ao estoque do mês anterior.

Regiões e estados

A Região Sudeste foi a que gerou mais postos de trabalho. O saldo positivo ficou em 161.951 vagas, o que corresponde a um aumento de 0,77% ante a junho. No Nordeste foram criados 54.456 postos (+0,83%); na Região Sul o saldo também ficou positivo (42.639 postos, +0,55%), a exemplo do Centro-Oeste (+35.216 postos, +1,01%) e do Norte (+22.417 postos, +1,18%).

São Paulo foi o estado que registrou o maior saldo positivo, com 104.899 novos postos de trabalho (+0,82%, na comparação com junho), seguido de Minas Gerais (+34.333 postos; +0,79%); e Rio de Janeiro: (+18.773 postos; +0,58%).

Já as unidades federativas com o menor saldo foram o Acre (806 novos postos; crescimento de 0,90% ante ao mês anterior); Amapá (saldo de 794 postos; +1,17%); e Roraima: (saldo de 332 postos; crescimento de 0,55%).

Salário médio de admissão

O salário médio de admissão em julho de 2021 (R$1.801,99) apresenta uma queda real de R$ 22,72 na comparação com junho de 2021. A variação corresponde a um percentual de -1,25%.

Na indústria de transformação, a queda do valor médio de admissão (-1,69%) resultou em um salário inicial de R$ 1.767,15. No setor de construção, a queda (-0,65%) fez com que o salário médio inicial registrado ficasse em R$ 1.848,81. Já a queda do salário médio de admissão do setor de serviços ficou em -1,49%. Com isso, o salário médio inicial do setor está em R$1.965,68.

Fonte: Agência Brasil

Latest news

Peng Shuai: China mostra irritação com suspensão de torneios de tênis

A China demonstrou irritação na última quinta-feira (2) com a suspensão dos torneios da Associação de Tênis Feminino (WTA)...

Falta de candidatos competitivos, complica a vida dos partidos no DF

A menos de 1 ano das eleições de 2022, as agremiações partidárias do Distrito Federal estão a caça de...

Governo do Ceará inaugura Areninhas de Alcântaras e Amontada

Mona Lisa Mazza – Ascom Sejuv – Texto Marcos Studart e Ascom Sesport/Alcântaras – Fotos Esta sexta-feira (3) foi dia...

Andressa Suíta posa de maiô sexy e deixa fãs babando: “Ela sabe ser gata!”

Nesta semana, Andressa mostrou o verdadeiro significado de “mulherão fatal” em mais um ensaio sedutor em seu Instagram oficial...
- Advertisement -

Governo realiza Blitz Informativa e caminhada Viva a Vida em alusão ao Dezembro Vermelho

Atividades conscientizaram a população sobre HIV/Aids. (Foto: Márcio Sampaio) Como parte das ações alusivas à Campanha Dezembro Vermelho, o Governo...

Nordeste: comitê recomenda proibição de festas de Réveillon e carnaval

O Comitê Científico do Consórcio Nordeste recomendou nesta sexta-feira (3) a proibição de festas de Réveillon e carnaval na região...

Must read

Peng Shuai: China mostra irritação com suspensão de torneios de tênis

A China demonstrou irritação na última quinta-feira (2) com...

Falta de candidatos competitivos, complica a vida dos partidos no DF

A menos de 1 ano das eleições de 2022,...
- Advertisement -

You might also likeRELATED
Recommended to you