Destaques Parque Educador prorroga prazo de inscrição

Parque Educador prorroga prazo de inscrição

-

- Advertisment -

As inscrições para o Projeto Parque Educador Virtual – 2º Ciclo 2021 foram prorrogadas até o dia 31 de agosto. Esse projeto é uma realização do Instituto Brasília Ambiental, por meio da Unidade de Educação Ambiental, em parceria com as secretarias de Educação (SEEDF) e de Meio Ambiente (Sema) do Distrito Federal, com alunos de escolas públicas do DF.

 Faça aqui sua inscrição.

Nesse segundo semestre, cada escola poderá inscrever, no máximo, duas turmas de até 40 alunos para participar do projeto. As turmas participarão em dias e/ou turnos diferentes, e os formulários para cada turma deverão ser preenchidos individualmente.

As atividades são desenvolvidas por professores da Secretaria de Educação e capacitados pelo Brasília Ambiental. Devido à pandemia e o retorno das aulas presenciais das escolas públicas do DF, o projeto se dará de forma mista | Foto: Divulgação/Brasília Ambiental

As atividades são desenvolvidas por professores da Secretaria de Educação e capacitados pelo Brasília Ambiental. Devido à pandemia e o retorno das aulas presenciais das escolas públicas do DF, o projeto se dará de forma mista. 

Começará com o uso das plataformas digitais e terminará com as atividades presenciais nas unidades de conservação em que acontecem as aulas em campo.

Os critérios de priorização para a seleção das escolas são: menor distância da escola à unidade de conservação selecionada, não podendo exceder a 20 km; maior número de alunos da turma selecionada, não ultrapassando o limite de 40 alunos; escolas relacionadas pela SEEDF como prioritárias; escolas que já desenvolvam projeto na área ambiental e/ou patrimonial; e prévia participação do professor no curso Guia Trilhas e Caminhos para a Sustentabilidade nas Escolas do DF.

Público

O Parque Educador tem como foco principal o receptivo de estudantes de escolas públicas do DF para realização de atividades de educação integral, ambiental e patrimonial nas unidades de conservação, geridas pelo Brasília Ambiental. Somente no primeiro semestre deste ano, 43 escolas e 1.415 alunos foram beneficiados.

O projeto está presente na Estação de Águas Emendadas (Esecae)/Parque Ecológico Sucupira (Planaltina), e nos Parques Ecológicos: Águas Claras, Três Meninas (Samambaia), Saburo Onoyama (Taguatinga), Riacho Fundo e Monumento Natural Dom Bosco (Lago Sul). Serão oferecidas quatro vagas para cada unidade, com encontros previsto para o período de setembro a novembro.

* Com informações do Brasília Ambiental

 

Fonte: Agência Brasília

Latest news

Mais de 80% das mulheres já sofreram assédio nas ruas ou transporte público | SBT Brasil (16/10/21)

No Brasil, mais de 80% das mulheres relatam já ter sofrido importunação ou assédio sexual nas ruas ou...

Cristaloterapia: entenda como funciona a terapia com cristais

Larissa Silva Cristaloterapia: entenda como funciona a terapia com cristais Os cristais não são apenas itens de...

Ação social da Prefeitura leva cultura e lazer para crianças do Eustáquio Gomes

Cultura, lazer e diversão: na tarde deste sábado (16), o Campo do Açude, no Conjunto Eustáquio Gomes, recebeu a...

Policial Penal participa de 8ª aula inaugural do COD

  O policial penal Rogério Pereira Lima, que atua no Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope) participou da aula...
- Advertisement -

O Imponderável – 16/10/2021 | CORREIO DF

Inovação e transformação digital. O futuro do trabalho, das cidades e principalmente das pessoas. Nesta edição, o...

Cabelos de mulher chamada de Rapunzel da vida real medem 1,65 metro; veja fotos

Reprodução/Daily Mail Alla Perkova, a Rapunzel da vida real, não corta os cabelos desde os 12...

Must read

Cristaloterapia: entenda como funciona a terapia com cristais

Larissa Silva Cristaloterapia: entenda como funciona...
- Advertisement -

You might also likeRELATED
Recommended to you